ID do Artigo : S1F2430 / Última Modificação : 19/05/2009

Importância de manter uma cópia de segurança de seus arquivos

Produtos e Categorias Aplicáveis para este artigo

Este documento explica a importância de manter uma cópia de segurança de seus arquivos pessoais armazenados em discos rígidos, discos óticos (CD, MD, DVD, BD) ou em mídias portáteis (Floppy, Flash memory, MemoryStick, fitas magnéticas etc)

O que é cópia de segurança ou backup?

Cópia de segurança é a cópia de dados de um dispositivo de armazenamento a outro para que possam ser restaurados em caso da perda dos dados originais, o que pode envolver apagamentos acidentais ou corrupção de dados.

Por que eu preciso fazer backup?

As pessoas guardam muitas informações importantes em seus equipamentos eletrônicos. Equipamentos eletrônicos, assim como qualquer outro produto, são passíveis de apresentarem defeito. Quando o defeito acontece no disco, nas mídias de armazenamento ou no circuito elétrico que acessa as informações destas mídias, as informações gravadas podem ficar corrompidas ou inacessíveis, podendo ficar perdidas para sempre. Quase ninguém se da conta da importância do backup até o momento em que acontece um desastre e as informações se perdem.

Quando meu equipamento apresentar defeito, a fábrica pode recuperar os meus dados?

Nem sempre. Em certas situações, nem mesmo a fábrica tem condições de recuperar as informações perdidas. Por isso é recomendado que se façam cópias de backup dos arquivos regularmente. Assim, pode se recuperar as informações ou pelo menos parte delas, caso algo ocorra com os arquivos originais. Também é importante que essas cópias sejam armazenadas em locais físicos diferentes. Por exemplo, não faria sentido fazer backup de um arquivo de computador, em um diretório dentro do mesmo disco rígido. Em caso de falha do disco, tanto o arquivo original como a cópia poderão ficar perdidas.

Então só perderei meus arquivos quando uma peça do aparelho der defeito?

Nem sempre. Falhas de atualização de software, erros durante a instalação e ataque de vírus podem fazer com que o dispositivo se torne instável e os arquivos gravados fiquem corrompidos. Nestes casos também pode ser necessária a reinstalação do firmware ou sistema operacional do dispositivo, procedimentos estes que apagarão a memória interna do dispositivo. Em outras situações, as mídias portáteis podem apresentar falhas e pode ser necessária a formatação, isto é, remontar o sistema de arquivos o que apaga completamente todos os arquivos gravados. Resumindo, arquivos sem cópia de backup estão destinados a serem perdidos.

Dicas importantes sobre o backup:

  • Faça uma lista de informações importantes que não podem ser substituídas com facilidade. A lista ajudará a determinar quais arquivos serão submetidos a backup e também será uma referência, caso seja necessário recuperar os arquivos.
  • Para fazer um backup de arquivos é preciso descobrir onde estão armazenados os arquivos originais. Em notebooks, por exemplo, a maioria dos programas salva arquivos na pasta Meus Documentos do XP e na pasta Documentos do Vista.
  • Para segurança, faça backup dos arquivos em alguma mídia externa em vez de copiá-los em uma unidade interna alternativa. Por exemplo: quando suas informações importantes estiverem no computador, salve uma cópia em um pendrive. Quando as informações importantes estiverem no pendrive, salve uma cópia no computador. Existem muitos programas que auxiliam na execução do backup, alguns deles inclusive estão disponíveis no próprio sistema operacional. Pesquisar sobre o assunto na internet pode ajudar a escolher um bom programa.
  • Os backups devem ser feitos dentro de uma programação regular (semanal ou mensal).