Mariano 01
Mariano Dawidson

Mariano Dawidson | Argentina

Contador de histórias. Diretor de filmes e videoclipes.

Mariano Dawidson

-

Contador de histórias. Diretor de filmes e videoclipes.

Em 2002, dirigi meu primeiro curta-metragem, que recebeu prêmios em festivais nacionais e internacionais. Desde então, não parei de filmar. Fundei a produtora Hermanos Dawidson Films, junto com meu irmão em 2005, onde oferecemos serviços de produção e pós-produção por 15 anos, fizemos animação 2D e 3D, ministramos workshops, produzimos documentários, videoclipes e filmes de ficção.

Em 2012, ganhei o prêmio Gardel de melhor videoclipe com a música “Hoy Bailaré” de Leon Gieco. Em 2015, dirigi meu primeiro longa-metragem chamado “O Sangue do Galo”, que estreou no festival internacional de cinema na cidade de Mar del Plata e foi vendido para a rede Starz para os Estados Unidos e para a Netflix para o mundo inteiro. Dois anos depois, dirigi com meu irmão o filme “The Lurking House” para lançamento digital em tempos de pandemia.

Veja esta postagem no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mariano Dawidson (@mariano_dawidson)

Fui indicado ao Grammy Latino na categoria “melhor videoclipe” em 2019. Nesse mesmo ano, junto com outros 10 colegas, fundei a Câmara Argentina de Vídeos Musicais. Como membro do DAC Argentinian Cinematographic Directors, participei ativamente do reconhecimento dos direitos autorais dos diretores de videoclipes.

Em 2019, dirigi os 6 curtas-metragens em homenagem ao 60º aniversário do prestigiado teatro San Martín e fui escolhido como parceiro/influenciador da marca Sony Alpha na Argentina.

Em 2022, fui contratado pela produtora NON STOP para dirigir as cenas de ação da série Cielo Grande para a Netflix e fiz a consultoria de edição de dois filmes para a produtora Bufalo Films para a Netflix.

Recentemente, dirigi o videoclipe que se tornou a música da copa do mundo chamado “Muchachos”, com 30 milhões de visualizações em menos de duas semanas.
Nos últimos 20 anos, desenvolvi-me como diretor, montador, diretor de fotografia, cinegrafista e colorista. Dirigi mais de 300 vídeos musicais, sessões ao vivo, shows em estádios, turnês cobertas, filmei documentários e ficções. Eu me dedico a contar histórias com minha câmera de qualquer forma.

Câmeras e lentes usadas por Mariano Dawidson