Ir para o conteúdo

Negative Space

Mostrando o que está por trás do áudio de primeira

Ouvir música em produtos de áudio premium é uma curtição. Para chamar a atenção de um público maior, desenvolvemos uma nova linguagem de design.

Satisfazendo mais ouvintes com o som impecável

Hoje em dia é muito comum ouvir casualmente MP3 ou AAC, impulsionado pela ascensão dos smartphones e dispositivos móveis, pois poucas pessoas procuram fidelidade do áudio de alta resolução. Queremos que mais pessoas ouçam o que estão perdendo, que tenham experiências de audição que deixam os CDs no chinelo, especialmente agora que os avanços no áudio digital deram uma melhorada na quantidade e na qualidade da transmissão e da distribuição. Enquanto isso, o fato de a audição sem fio ser mais popular mostra que as pessoas também buscam simplicidade e conveniência. Chegou a hora de ver com um novo olhar por que o áudio premium é premium e desenvolver uma nova linguagem de design para hoje e para o futuro, de forma a transmitir o que essa experiência de audição tem de diferente.

O que as pessoas buscam no design de áudio premium? Foi essa a pergunta que fizemos a profissionais de áudio e audiófilos por meio de pesquisas e oficinas em Tóquio e em Londres. Revisitar a estética dos audiófilos nos lembrou o quanto é importante tranquilizar os ouvintes quanto à excelência de áudio, mostrar a base técnica e sugerir a alta resolução por meio de aparência de produto e materiais. Em vez de buscar uma estrutura fina, leve e futurista, o design superior do produto que buscamos inspirara confiança por ser sólido e substancial.

Compactação, condensação e espaço negativo

Considerar o que possibilitaria uma experiência de audição premium e de alta resolução nos levou a admirar como as coisas aparentam quando são comprimidas e condensadas. Imagine compactar todos os elementos de um produto de áudio em uma massa única e sólida: comprimir até que todos os materiais fiquem unidos e o que sobra naturalmente é o que há de mais essencial. Inevitavelmente, esse processo revela o espaço negativo criado à medida que esses recursos essenciais são preservados. Juntamente com essas linhas, decidimos nos concentrar no design desse espaço resultante, que acentua o que faz dele um áudio premium.

Qual é o espaço negativo ideal para enquadrar cada tipo de produto de áudio? Três pares de conceito guiaram nosso pensamento. As formas que emergiram deste processo de compressão deveriam ser simples e simbólicas. Os produtos de áudio também deveriam ter aparência sólida e durável. Além de acabamento e textura elegantes que lembrariam música de alta resolução, com aparência precisa e transmitindo uma sensação de alta densidade.

Sinais não ocultos da qualidade que servem como lembretes

Takuma, diretor-chefe de arte

Há uma tendência geral para o design minimalista, mas o áudio premium tem ideais diferentes. Em design, esses produtos devem dizer a você um pouco sobre os recursos e engenharia que fizeram chegar a esse nível de performance de áudio. A música em alta resolução preserva detalhes normalmente perdidos, produzindo som com resolução e substância. A abordagem no design deve ser a mesma. Em vez de eliminar um elemento após o outro, devemos buscar formas que lembrem qualidade inerente, com a apresentação mais elegante possível.

Pura alta fidelidade... Condensada

NW-ZX2

Se você analisar com cuidado o Walkman® NW-ZX2, verá que não tentamos ocultar o bloco interno de amplificadores. Pelo contrário: apesar de o restante da estrutura parecer compactada, você perceberá uma leve protrusão na parte posterior, onde está o amplificador. Com um formato distinto, é um lembrete do que é necessário para produzir um som de qualidade superior. Os botões ficam para dentro, com o espaço negativo formado aqui deixando claro só pelo toque onde estão os botões. Outros sinais de design que contam pontos na performance do áudio são as laterais curvadas da estrutura de alumínio, que oferecem maior rigidez. O acabamento jateado é um lembrete da alta resolução. E quando for deixar o player de lado, verá como o suporte o segura alto o suficiente para inserir com facilidade os plugues maiores de alta qualidade, graças ao espaço cuidadosamente deixado ali.

Interfaces primorosamente fechadas

PHA-3

Ao contrário do design anterior do amplificador do headphone, com interface e proteções de controle adicionados como recursos externos, o PHA-3 incorpora todos os componentes necessários em uma estrutura sólida e eficiente que mostra traços desses aspectos essenciais. Ao condensar esses recursos, integramos as proteções ao corpo, que também definem o espaço do dial e da tomada para headphone. Os parafusos ficam cuidadosamente ocultos, deixando a estrutura elegante ainda mais coesa. Construído com alumínio laminado e aperfeiçoado com jateamento. Ao toque, você também sentirá a qualidade do dial de volume com sulcos finos.

Respostas inevitáveis na busca por aquilo que é essencial

Yashiro, designer

É importante que os produtos premium de áudio reflitam os padrões mais elevados em qualidade do som. Para nós, o espaço deixado após preservar os recursos que determinam a qualidade do áudio e a experiência de audição representa espaço negativo. A parte externa tomou forma conforme olhamos para dentro, deixando tudo ligado à excepcional pureza do som e à experiência de audição.

Curtindo muito com as unidades duplas

XBA-Z5

Os headphones do tipo auricular XBA-Z5 trazem duas unidades equilibradas duplas para maior clareza em frequências médias e altas, combinadas a um grande controlador dinâmico. Aqui, o espaço negativo no design assume a forma de um sulco entre elas, que conseguimos deixar intocadas no processo de reunir recursos em uma única peça sólida. Visualmente, é fácil perceber que os plugues de ouvido abrigam duas unidades essenciais para a performance magnífica do áudio. A caixa em si é construída de magnésio altamente rígido, com uma textura fina que lembra alta resolução.

Caixas de proteção de alta performance

MDR-Z7

Generosas unidades de 70 mm nos headphones MDR-Z7 criam um efeito de onda plana, para uma música que soa mais natural. Eles também são inclinados em direção ao ouvido, permitindo uma distribuição mais uniforme em um intervalo de frequência mais amplo. A forma dessas unidades essenciais de alta performance é vista também na caixa de proteção, um detalhe retido no processo de condensação da caixa o máximo possível, mas sem comprometer a performance. Aqui o acabamento fino também sugere a fineza da qualidade de áudio. As caixas de proteção são sustentadas por braços de alumínio, garantindo força e permitindo finura.

Sugestões visuais diferenciam as funções principais

Kurihara, designer

Embora nossa abordagem tenha sido condensar, compactar e preservar o design, alguns recursos de produtos são mais importantes que outros. Nossa ênfase varia de acordo com o produto: recursos que afetam a qualidade de áudio, a aparência, a usabilidade, e assim por diante. Ao projetar o espaço negativo de áreas abertas, é possível destacar o que é mais essencial e digno de nota.

Design centrado no woofer com excelente aparência e som

MHC-V7D/SHAKE-X7D

A estética do Negative Space também inspira o design de sistemas de áudio domésticos incríveis e sem alta resolução que são a alma da festa, como MHC-V7D / SHAKE-X7D. Aqui nós nos concentramos no woofer, que simboliza um som maciço. Ao variar o espaço entre ele e as frequências médias de surrounding e tweeter (grooves que surgiram à medida que compactamos cada alto-falante em uma disposição mais sólida), conferimos mais impacto ao sistema e enfatizamos determinados recursos em particular.

Pela lateral, o sistema tem uma silhueta elegante, com superfícies lisas. Uma dica de tensão nessas superfícies as fazem parecer como se houvesse um som potente e concentrado fazendo pressão lá dentro. A quantidade de superfícies paralelas também é minimizada, o que melhora a acústica. Por cima, os controles ficam sem ressaltos, refletindo a mesma condensação em design e facilitando o contato ao mover o sistema.

Design que dá conta da confiança duradoura

Morimoto, designer

Profissionais e fãs de áudio premium querem produtos em que possam confiar durante anos a fio. Esse é um bom motivo para a engenharia por trás dessa performance superior ser clara com base no design do produto. Nada nos importa mais que ver esses produtos procurados por pessoas que levam a música a sério.

Design da Sony Pure Geometry

Uma sinfonia de elementos audiovisuais e de interiores. Descubra a verdadeira história sobre a inspiração do design.